Arquivo da categoria: Crônicas

Sexta de crônicas: Atentados

  A pele, nossa porosa muralha frente ao mundo, é a primeira a receber as pedradas do nosso gradual, lento e implacável envelhecimento. É ela. Não a culpada, mas a primeira vítima, com suas manchas e rugas pequenas e grandes. … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Alto lá!

    Imaginem sua casa ameaçada, o belo jardim pisoteado, o poço corrompido, seu modo de vida colocado em xeque? Ou, mais especificamente: imaginem que o amado Araguaia dos goianos seja barrado em algum ponto do seu leito, sua vazão … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , , , , | 1 comentário

Sexta de crônicas: Estamos todo em um Titanic

  Lamento dizer a quem ainda não prestou atenção: nossas universidades públicas estão em perigo. A ponta desse iceberg já está abalroando a famosa, combativa e tradicional UERJ – Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Voltei de lá há pouco. … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Memórias de cor e classe

Aí pelos 7 anos, nas férias na casa da minha avó, em Jaraguá, conheci Jussara. Era amiga da minha prima Diva, e também pequena líder de outras meninas de pele cor de café, vestidinhos de chita, pés no chão, cabelos … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Ainda quero ficar aqui

A sensação de continuar vendo a desconstrução cotidiana deste país é deveras amarga. A cada dia um chute, uma martelada, a mala que sumiu, a gravação que nada significou, um troca-troca de votantes, ondas que rebentam contra nossa moral e … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: A vez dele

  Quem é aquele ali, cara de japonês? De terno, postura de funcionário, no banco junto à mesinha de cimento. No canto cercado de árvores. Há duas semanas, toda manhã ele aparece. Senta-se, e antes de colocar a pasta preta … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Que pezinhos lindos os meus!

  Era o que ela se dizia, admirando os pés perfeitos. Desde criança teve esse xodó pelos pezinhos rechonchudos na medida certa, dedos milimetricamente simétricos e torneados com capricho, um arco que a humanidade levou milênios para tornear e que, … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , | 1 comentário

Sexta de crônicas: Memória da fome

  Sou amiga da vendedora de ticket eletrônico da Zona Azul perto aqui de casa. Amizade deixada por Px, meu irmão, que morou em São Paulo e era seu freguês de cartão para estacionar o carro. Às vezes, ela vende … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , , | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: O Tititi da Floresta

  Devia ser um belo dia quando Peter Wohlleben, andando por uma das magníficas florestas da Alemanha – onde trabalhava avaliando o rendimento das árvores – quase tropeçou (por assim dizer) no toco de uma grande faia, há séculos caída. … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , , | Deixar um comentário

VIVA OS ÍNDIOS VIVOS!

Com a conclamação do título acima, Guto Lacaz, grande artista paulistano, fez um poema gráfico que, infelizmente, não dá para reproduzir aqui. Está no Facebook, para quem quiser ver. A partir de um poema de Carlos Rennó e música do … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário