Arquivo da categoria: Cotidiano

Depois de um grande desânimo com o que estamos vivendo

Estou começando a animar, tipo esquentando os tamborins, para escrever um novo romance. Ainda estou na fase da pesquisa, que desta vez começou um tanto fora de foco. Ainda vou continuar nas pesquisas, mas agora, pelo menos, já tenho um … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Um momento de divulgação

Duas mensagens da grande Beatriz Cannabrava: Esta mais recente, sobre o meu livro de contos, “Felizes Poucos”, que abordam vários momentos da luta contra a ditadura: “Dizer que gostei do livro é pouco. Em vários momentos me identifiquei com Bia, Cristina, … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Morte bonita

A garota lia um livro no metrô. Descemos na mesma estação e, quando o trem parou, ela se levantou lendo o livro, desceu do vagão lendo, e lendo continuou ao subir as escadas e sair da estação. Depois, perdia-a de … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Ambição na literatura

“Nunca escrevi sem ambição. O problema da ambição é que ela tem o mau hábito de crescer na medida em que a gente envelhece. Não costumo respeitar escritores que não sejam ambiciosos, pois ambição, ao menos em literatura, equivale à … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Com a tag | Deixar um comentário

Desmagicizando o mundo

Lygia Sigaud foi minha professora na pós-graduação em Antropologia, no Museu Nacional, a melhor pós-graduação deste nosso país. Era a melhor, nos anos 70 e 90, e provavelmente continua sendo. Seu quadro de professores – com algumas exceções, vai! – … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Com a tag , , , | Deixar um comentário

A paixão pelo gim

  Meu caso com o gim começou graças a Luís Buñuel. Quando escrevi um romance sobre a geração que foi jovem no final dos anos 60/começo dos 70, “O Fantasma de Luís Buñuel”, reli suas memórias e a descrição que … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Com a tag , , | 6 comentários

#OcupaUnB

Como ex-aluna da UnB, e com meu irrestrito apoio a seus estudantes que hoje outra vez se levantam na defesa da democracia, posto aqui um trecho do meu romance “O Fantasma de Luís Buñuel” sobre a invasão da qual a … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Tempos Danados

  Creio que não estaria equivocada ao admitir, para meu desconsolo, que não poucas vezes saio de casa inconscientemente armada de desconfianças e indiferença. Constatei isso hoje de manhã. Assim que entrei no metrô, quase tropecei na garota que volteava … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Seria tão bonito

Escutei a defesa da Dilma no Senado, as falas indecorosas de certos conhecidos senadores, e ela, um dia inteiro e metade de uma noite, cansada mas segura, respondendo, respondendo, respondendo. Fez um bom discurso, e respondeu a tudo muito bem, … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Com a tag | Deixar um comentário

Esta semana

Esta semana – salvo se alguns dos protagonistas do nosso destino político decidirem não passar para a história como vilões – será uma catástrofe para o país. Nela se decidirá o final desse processo de impeachment sujo e perverso que … Continue lendo

Publicado em Cotidiano | Com a tag | Deixar um comentário