Arquivo do mês: dezembro de 2015

Sociedades civilizadas

  “…. Nessa minha volta à aldeia, percebi que todos vocês, não importa o grau de escolaridade, falam de um jeito teatral! Com quem aprenderam isso?” Ele riu: “Mas assim é uma sociedade civilizada! Numa sociedade civilizada, todo mundo é … Continue lendo

Share
Publicado em Trechos de livros | Deixar um comentário

O MASP é feio?!

  O espanto do dia de hoje, um dos últimos dias desse ano tão espantoso: Aracy Amaral, em seu artigo de hoje sobre o Masp, no Caderno 2 do Estadão, cita uma declaração de Lina Bo Bardi: “Minha preocupação básica … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | 2 comentários

A relatividade das coisas: uma lição

  A luz que ilumina o espaço de quatro ambientes entra pelos seis janelões de vidro fosco agora abertos. Logo à porta da entrada, um macaco de madeira de meio metro ergue os braços para segurar a pequena bandeja de … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

As novas mulheres de certa idade

  Elas são uma delícia. E sob a capa que os anos vão compondo sobre elas, são singularmente jovens. Aí está uma, com sua bengala. O cabelo branco cortado bem curto e espigado dá um frescor picante a seu rosto. … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Como qualquer outro

  “Ele é um homem como qualquer outro”, disse. “Ele se tornará o que se tornar, pela força de sua pessoa e o acaso de sua sorte.” John Williams, in “Augustus”

Share
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Para pensar

  “Pois um povo pode suportar uma série quase incrível dos mais terríveis fracassos sem se quebrar; mas conceda-lhes uma pausa e alguma esperança para o futuro, e eles podem não suportar uma negação inesperada dessa esperança.” John Williams em … Continue lendo

Share
Publicado em Trechos de livros | Deixar um comentário