Arquivo do mês: outubro de 2015

Uma linguagem particular

  De malas prontas para Goiânia, onde participarei da I Jornada de Leitura da Literatura Goiana, um grande evento organizado pela PUC. Estarei na mesa-redonda sobre o romance em Goiás. E como ando muito machadiana ultimamente, me lembrei desta frase … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Com a tag , , , | Deixar um comentário

Buraco da fechadura

  Trecho de um conto do livro “Educação Sentimental”  “E quando, uma tarde, viu sua mãe entrar no banheiro, rumo ao banho, por um impulso cujo leit-motiv jamais conseguiria explicar, pôs-se junto à porta e olhou pelo buraco da fechadura. … Continue lendo

Share
Publicado em Contos | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: As pernas brancas da primavera

  O começo da primavera já passou faz tempo, esta crônica entra aqui meio atrasada. Foi publicada em “O Popular” no momento certo, e como a primavera foi só um pretexto para falar do perigo que o cerrado corre, acho … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Outra pérola do Conselheiro Aires

  “Se alguém lesse, achar-me-ia mau, e não se perde nada em parecer mau; ganha-se quase tanto como em sê-lo.” Machado de Assis in “Memorial de Aires”

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Pérola do Conselheiro Aires

  “Por muito que se recuse deixa sempre algum gosto a paixão que a gente inspira.” Machado de Assis, in “Memorial de Aires”

Share
Publicado em Trechos de livros | Deixar um comentário

Um domingo com Frida Kahlo

Acabo de voltar da exposição “Frida Kahlo – Conexões entre Mulheres Surrealistas no México”, no Instituto Tomie Ohtake. Achei impactante. Fiquei deslumbrada ao poder ver de perto “El abrazo de amor del Universo, la Tierra (México), dios, yo y el … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Em Paris

Um conto meu foi passear em Paris: etudeslusophonesparis4.blogspot.fr/2015/10/jogo-de-pernas.html  

Share
Publicado em Contos | Deixar um comentário

Um pouco de Machado

Algumas pérolas do Conselheiro Aires, em “”Memorial de Aires”, do nosso Machado de Assis: “Já acho mais quem me aborreça do que quem me agrade, e creio que esta proporção não é obra dos outros, e só minha exclusivamente. Velhice … Continue lendo

Share
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Para um domingo pensante

  “Não há uma relação homem-natureza. Existem relações entre os homens através da natureza. Quero dizer, a natureza não é a finalidade das relações sociais. É o objeto. Essa é uma perspectiva diferente para compreender essa questão. Assim, acredito que … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário