Arquivo do mês: setembro de 2015

Confissões de uma ex não-machadiana

  Não sou de reler os clássicos. Nem mesmo os livros que amei. Penso que ainda tenho livros maravilhosos para descobrir, e sou apaixonada pelos grandes contemporâneos. Mas de vez em quando levo um susto. Como está me acontecendo agora … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Entre gerações

  A geração em que se nasce sempre está em uma posição mutante.  No começo, fica-se na ponta entre a geração dos pais e a de quem os gerou. Depois, entre os pais de cada um e seus próprios filhos. … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Um acordo de paz

  A grande notícia dos jornais de hoje é o anúncio da base do acordo de paz entre o governo colombiano e a guerrilha das FARC.  A história dessa guerrilha de mais de 50 anos, com seus altos e baixos, … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: Algo de novo está acontecendo em São Paulo

Começou com as faixas exclusivas para ônibus nas avenidas mais estranguladas pelos congestionamentos. A velocidade média dos ônibus aumentou, e cresceu também o número de pessoas que começou a preferir esse meio de transporte para chegar mais cedo em casa. … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | 1 comentário

Obra-prima

  Relendo Machado de Assis, “Memórias Póstumas de Braz Cubas”. Em um exemplar que herdei do meu pai, datado de 1941. A edição é de 1938, da W.M.Jackson Inc. Editores. Grossas páginas amareladas, mais escuras e desgastadas nas bordas, literalmente … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Sexta de crônicas: O preso que lê

  Tem coisas boas acontecendo neste país. É o caso da redução da pena dos presos por meio da leitura, que vários estados já estão aplicando, entre eles Piauí, Paraná, São Paulo e Goiás. Ainda é um programa pequeno, adotado … Continue lendo

Share
Publicado em Crônicas | Deixar um comentário

Sobre a tristeza

“A tristeza que impregnava Nadir a afastava das meninas que poderiam ser suas amigas. Meninas a quem essa maldade do mundo que ela parecia conhecer tão precocemente assustava; temiam, com obscura razão, serem contagiadas. Não queriam descobrir as coisas que … Continue lendo

Share
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

O cinismo da velha política de sempre

  Meu pai era político. Honesto, progressista, contra a UDN e, depois, contra a Ditadura. Muitas vezes, quando criança e adolescente, ouvia quando ele dizia a minha mãe ou a uma visita: “Se está nos jornais que algum político (como … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | 1 comentário

Sobre o “De onde vêm as historias”

  E se quiser aproveitar, no site da Bamboo Editorial, o livro pode ser comprado em setembro com frete grátis.    

Share
Publicado em Entrevistas | Deixar um comentário

Novo livro in progress

Estou trabalhando em um novo livro, que será de contos. E como o outro livro de contos meus (unpublished), este tem um grande tema que engloba todos os textos. No outro, era o tempo da luta armada contra a ditadura; … Continue lendo

Share
Publicado em Cotidiano | 3 comentários