Millôr

Morreu Millôr. Um gênio.
Vai fazer falta.
Em sua grande modéstia, ele disse uma vez, em alguma entrevista, que, se ficasse conhecido na posteridade (ou algo assim), seria por algumas de suas frases. Então, hoje, coloco aqui uma delas. São milhares, impossível escolher, mas dentro do meu contexto atual, cito esta:

“Como são admiráveis as pessoas que não conhecemos muito bem.”

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *